A MISSÃO DA IGREJA E A IDEOLOGIA DO SUCESSO

uma análise das engrenagens tecnicistas para o crescimento da igreja

  • Clarice Ebert Faculdade Luterana de Teologia
Palavras-chave: Missão da Igreja, Ideologia do sucesso, Crescimento da Igreja

Resumo

A ideologia do sucesso requer atuações de liderança arrojada, empreendedora, visionária e orientada para o sucesso, para uma produtividade focada em resultados que se evidenciam em estatísticas numéricas. Para o desenvolvimento de uma liderança com essas características, o mercado religioso profissional oferece uma variedade de fórmulas para se alcançar um ministério pastoral de sucesso. O presente artigo tem como objetivo analisar algumas dessas fórmulas que se configuram em engrenagens tecnicistas para o crescimento da igreja. A relevância do estudo se mostra pela ambivalência dos resultados, em que o crescimento numérico nem sempre ocorre na mesma proporção que o crescimento espiritual da igreja ao desempenhar a sua missão.

Biografia do Autor

Clarice Ebert, Faculdade Luterana de Teologia

Mestre em Teologia pela FABAPAR, na linha de pesquisa Organização e Cuidado Pastoral. Psicóloga pela UFPR e Especialista em Terapia Familiar pela FLT. Professora do programa Lato Sensu em Terapia Familiar Sistêmica e em Aconselhamento Pastoral Familiar da Faculdade Luterana de Teologia. Docente de EIRENE do Brasil e Palestrante do Ministério Vida Melhor. Psicóloga Clínica e Terapeuta Familiar no Instituto Phileo de Psicologia. E-mail: clariceebert@gmail.com.

Referências

COMISKEY, Joel. Fazer discípulos na Igreja do século 21. Curitiba: MIC, 2017.

BERGER, P. L. O dossel sagrado. Elementos para uma teoria sociológica da religião. São Paulo: Paulus, 1985.

BÍBLIA SAGRADA NOVA VERSÃO INTERNACIONAL. São Paulo: Vida, 2007.

CÉSAR, K. M. L. Vocação: perspectivas bíblicas e teológicas. Viçosa: Ultimato, 1997.

DAVIES, G. A. Perspectivas pastorais: o drama da pregação. In: VANHOOZER, K.; STRACHAN, O. O pastor como teólogo público: recuperando uma visão perdida. São Paulo: Vida Nova, 2016.

DEJOURS, C. A banalização da injustiça social. 4.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2001.

FERREIRA, F.; MYATT, A. Teologia sistemática: uma análise histórica e apologética para o contexto atual. São Paulo: Vida Nova, 2007.

FISCHER, G. J. A crise contemporânea da ascese moral e o descenso ético do pensamento protestante. In: SOUZA, J. N.; SOUZA, E. S. (Org.). Teologia e ética no cuidado pastoral. Curitiba: Núcleo de Publicações FABAPAR, 2017.

GOHEEN, M. W. A igreja missional na Bíblia: luz para as nações. Tradução de Ingrid Neufeld de Lima. São Paulo: Vida Nova, 2014.

PETERSON, E. A vocação espiritual do pastor. São Paulo: Mundo Cristão, 2006.

ROJAS, E. O homem moderno. São Paulo: Mandarim, 1996.

SCHNEIDER-HARPPRECHT, C. (Org.). Teologia prática no contexto da América Latina. São Leopoldo: Sinodal / ASTE, 1998.

SILVA, R. R. Profissão pastor: prazer e sofrimento. Uma análise psicodinâmica do trabalho de líderes religiosos neopentecostais e tradicionais. 190 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia). Universidade de Brasília, 2004.

VANHOOZER, K. J.; STRACHAN, O. O pastor como teólogo público: recuperando uma visão perdida. São Paulo: Vida Nova, 2016.

WRIGHT, Christopher J. H. A missão do povo de Deus: uma teologia bíblica da missão da igreja. São Paulo: Vida Nova, 2012.
Publicado
2020-04-22
Como Citar
Ebert, C. (2020). A MISSÃO DA IGREJA E A IDEOLOGIA DO SUCESSO. VIA TEOLÓGICA, 20(40), 153-170. Recuperado de http://periodicos.fabapar.com.br/index.php/vt/article/view/149
Seção
Artigos